SIMULE SEU EMPRÉSTIMO ONLINE AGORA

Clique aqui para realizar uma simulação AGORA e ONLINE.
Crédito Pessoal e para Negativados.

InícioArtigosFinançasDúvidas acerca do empréstimo pessoal: como proceder para solicitar?

Dúvidas acerca do empréstimo pessoal: como proceder para solicitar?

Um empréstimo, que também pode ser conhecido como crédito pessoal, é determinado valor concedido por um banco ou outro tipo de uma instituição financeira, que pode ser utilizado para qualquer finalidade (sem vinculação).

Como ocorre o empréstimo pessoal?

Nesse caso, a instituição financeira empresta um valor específico a um cliente, que tenha cadastro como pessoa física, desde que a mesma possua um documento de identidade válido no país. Como não é necessário comunicar a finalidade deste empréstimo, basta negociar os pontos contratuais, como o número de parcelas e taxas de juros. Após coletar os dados necessários, e a análise de crédito do solicitante, a fim de saber suas condições para quitação do empréstimo. Nesta fase, são somatizadas as dívidas já existentes do cliente, seus consumos financeiros e seus registros públicos.

Um fator a ser levado em consideração quando se considera esse tipo de empréstimo é planejamento. Esse recurso é muitas vezes acessível, mas é necessário ter claro, desde a sua solicitação, de como será quitado esse valor posteriormente.

Vamos dar algumas dicas importante, após pegar um empréstimo:

  • Pague as parcelas até o vencimento, isso evita que mais juros sejam cobrados de você;
  • Se puder, pague antecipadamente as prestações ou o valor total do empréstimo;
  •  Certifique-se de estar em dia com todos os encargos que envolvem o empréstimo, dessa forma, você quitará todos os seus saldos devedores de maneira mais ágil;

Assim que quitar todo o seu saldo devedor e retomar seu equilíbrio financeiro, caso seja necessário, você poderá solicitar um novo empréstimo.

Além disso,  lembre-se que os períodos de contrato com a instituição de crédito são temporários. Só porque você decidiu, em um determinado momento, usar crédito pessoal, isso não quer dizer que fará isso pelo resto da vida.

Mas você conhece os tipos de empréstimos pessoais?  Vamos ver cada um deles:

  • Empréstimo consignado: esse tipo de empréstimo é descontado da folha de pagamento do solicitante, devido a isso ele possui algumas vantagens, tais como, os juros reduzidos.
  • Penhora de bens:  nesse tipo de recurso, normalmente é oferecido crédito e como garantia o solicitante fornece um bem, caso não ocorra o pagamento, esse bem passa a ser da instituição que forneceu o empréstimo.
  • Cartão de crédito rotativo: esse tipo de empréstimo é recorrente quando de posse de pagamento que você tenha que fazer, como por exemplo, o cartão de crédito, você opte pelo pagamento mínimo e não pelo valor total. Quando se paga o mínimo a instituição financeira, em um cartão de crédito, de uma certa forma, você está obtendo um valor, ou seja, um empréstimo do seu credor.
  • Cheque especial: esse empréstimo, normalmente, já é liberado pelas instituições financeiras quando você tem uma conta corrente no banco, por exemplo, é aquele valor que fica disponível para você usar quando quiser, quando seu salário acabar ou quando surgir uma emergência.
  • Crédito pessoal pela internet: esse tipo de empréstimo é bem parecido com o convencional, no entanto, nesse caso a solicitação é feita pela internet, assim como a liberação dos valores.

Agora que você já sabe que existem diferentes tipos de empréstimos, é importante entender que existem pontos que os diferenciam, tais como a taxa de juros. Normalmente empréstimos com garantia de bens são os que possuem a menor taxa de juros (cerca de 1,5%, atualmente), por outro lado crédito rotativo são normalmente os maiores valores, cerca de 14%. Outro ponto de diferença é o tempo para pagamento, um financiamento, por exemplo, pode ser pago em até 20 anos, enquanto um de crédito rotativo, cerca de 1 mês.

Logo, vemos que antes de pegar um empréstimo e fechar um negócio é necessário colocar as coisas na balança e verificar o custo benefício e assim verificar a viabilidade para você.

Outras dicas importantes:

1. Tenha cuidado com as instituições não credenciadas ao Banco Central, certifique-se de estar negociando com instituições que sejam autorizadas a esse tipo de negociação.

2. Atualmente há muitas fraudes e golpes a fim de prejudicar o usuário, dessa forma, forneça seus dados somente quando tiver a certeza de que você está em contato com a empresa da sua escolha.

3. Negocie diretamente com a instituição financeira, cuidado ao ter intermediários nesse processo, com a promessa de acelerar a negociação, eles podem não ser confiáveis.

4. Não é recomendável fazer depósitos para conseguir um empréstimo, certifique-se direto com a instituição, pois pode ser fraude.

5. Não forneça, em nenhuma hipótese, seus dados bancários a terceiros.

6. Certifique-se que a empresa que está negociando o seu empréstimo é confiável, tem uma sede física e está autorizada a tais transações.

7.  Ofertas muito facilitadoras, como aquelas que não verificam os órgãos credores, devem ser verificadas.

8. Leia o contrato, verifique as cláusulas, pergunte e somente depois assine.

9. Não assine formulários em branco e não aceite acordos verbais.

10. Compare as taxas de juros, os prazos e as garantias da instituição financeira.

Com pequenos cuidados, organização e verificação a respeito da idoneidade da empresa, você pode adquirir seu empréstimo pessoal de maneira a auxiliá-lo em um período de dificuldades a fim de regularizar sua vida financeira.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

Deixe uma resposta

Em Alta

Comentários Recentes

%d blogueiros gostam disto: