SIMULE SEU EMPRÉSTIMO ONLINE AGORA

Clique aqui para realizar uma simulação AGORA e ONLINE.
Crédito Pessoal e para Negativados.

InícioNotíciasNovo recorde de brasileiros com nome sujo: o que fazer?

Novo recorde de brasileiros com nome sujo: o que fazer?

Em junho, 66,8 milhões de brasileiros tiveram contas atrasadas em maio, de acordo com Serasa Experian. Um dos principais cadastros de restrição ao crédito pode ser consultado gratuitamente. Para limpar o nome do cadastro, umas das opções é renegociar suas dívidas.

O número de pessoas com contas atrasadas bateu um novo recorde no Brasil. Segundo dados do Serasa Experian, o país tinha 66,8 milhões de inadimplentes em junho, o maior número de devedores desde 2016, quando o levantamento começou.

O número representa uma alta de 200 mil pessoas em relação ao mês anterior – menor, no entanto, que o crescimento médio de 400 mil registrados em meses anteriores.

O segmento de bancos e cartões é o responsável pela maioria das dívidas, 27,8% do total. Depois, vêm as contas básicas como água, luz e gás, com 22,6%. Em seguida estão os setores de financeiras e de varejo, com 13,2% e 12,5%, respectivamente. Serviços (10,5%), Telefonia (7%) e Securitizadoras (2,2%) terminam o ranking de dívidas por setor.

Negociação de dívidas

O cenário de inadimplência geralmente leva os devedores a uma bola de neve, em que uma dívida puxa a outra e os leva a terem seus “nomes sujos” – o que significa ter o Cadastro de Pessoa Física (CPF) inscrito em um banco de dados de restrição ao crédito, como Serasa e SPC.

Com o CPF negativado, a pessoa tem dificuldade em conseguir crédito, e com isso, pode não conseguir comprar um produto a prazo, fazer um financiamento de imóvel ou até mesmo obter um cartão de crédito.

Um dos caminhos para limpar seu nome é o pagamento da dívida para regularização do débito. O consumidor pode procurar diretamente os estabelecimentos que estão devendo para fazer a negociação. Outro caminho é utilizar serviços, como o Serasa Limpa Nome, que apresentam opções para quitar suas dívidas com descontos especiais.

Para todo o mês de agosto, a Serasa desenvolve uma ação para estimular o parcelamento de dívidas sem juros. No período, serão disponibilizadas mais de 48 milhões de débitos para renegociação em até 36 vezes sem juros, com descontos de até 90%.

“É a maior ação de negociação com parcelamento sem juros já realizada no Brasil”, disse Ignacio Dameno, diretor do Serasa Limpa Nome, por meio de comunicado.

Confira as empresas participantes:

  • Claro
  • Ativos
  • Atlântico
  • Banco BMG
  • Banco Digio
  • Banco Digio
  • Banco Inter
  • Banco Losango
  • Banco Neon
  • Boticário
  • Bradescard
  • Bradesco
  • Bradesco Financiamentos
  • BTG +
  • Carrefour
  • Crediativos
  • Credsystem
  • Digio
  • DmCard
  • Eudora
  • FortBrasil
  • Grupo Tracker
  • Havan
  • Hoepers
  • Intacto
  • Ipanema
  • Itapeva
  • Itau
  • MGW Ativos
  • Money Plus
  • Multi Crédito
  • Nalin
  • Net
  • Nextel
  • Recovery
  • Renner
  • Riachuelo
  • Santander
  • Sascar
  • Sicoob
  • Sorocred
  • Uze
  • Via Varejo
  • VoxCred
  • Zema

Disponível nos canais digitais, a ação também pode ser negociada presencialmente nas mais de 6 mil agências dos Correios distribuídas pelo país que oferecem as condições e os descontos da campanha mediante o pagamento de uma taxa de R$3,60.

O consumidor pode conferir se possui parcelas sem juros disponíveis por meio dos canais oficiais da Serasa:

Fonte: G1

Está sem dinheiro? Acesse nosso Simulador de Empréstimos e obtenha a opção que mais se adequar à sua necessidade.

Simule seu empréstimo pessoal, consignado privado, consignado público, consignado INSS ou até mesmo financiamento de veículos através do nosso aplicativo. Cálculo e simulação de Crédito Pessoal, rápido e fácil.

Acesse nosso simulador em: https://emprestimopessoaldicas.com/simulador-emprestimo/simular.html

O que você achou desse artigo? Queremos muito saber sua opinião, deixe abaixo seu comentário!

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

Deixe uma resposta

Em Alta

Comentários Recentes

%d blogueiros gostam disto: