SIMULE SEU EMPRÉSTIMO ONLINE AGORA

Clique aqui para realizar uma simulação AGORA e ONLINE.
Crédito Pessoal e para Negativados.

InícioNotíciasUniversitária é presa por enviar comprovantes falsos de Pix

Universitária é presa por enviar comprovantes falsos de Pix

Segundo delegado, mulher disse que sofreu golpe semelhante, o que a fez ter a ideia. Inicialmente, pagamentos eram reais, o que fez local confiar nela.

Uma universitária de 21 anos foi presa em flagrante suspeita de dar um golpe em que pedia refeições a um estabelecimento e enviava um comprovante falso de pagamento via PIX, no Recife. Segundo a Polícia Civil, a vítima teve um prejuízo de R$ 5 mil.

O momento em que a mulher recebe o pedido, após ter enviado um comprovante falso, foi registrado em vídeo pelos policiais. Os detalhes da prisão ocorrida na Boa Vista, área central da capital, na sexta-feira (16), foram divulgados em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (19).

O delegado Eronides Meneses explicou que, nos três primeiros pedidos, a mulher realizava depósitos reais e, com isso, foi ganhando a confiança do local. O nome dela e o curso que ela faz não foram divulgados.

“Diariamente, a universitária solicitava almoço, solicitava lanche e montava um comprovante. Ela pegava o comprovante do PIX verdadeiro e editava o texto lá, a data, o valor e mandava através do aplicativo de mensagens. Então, a vítima não conferia mais. Estava acreditando naquilo”, contou o delegado.

A mulher fazia pedidos desde novembro de 2021 ao estabelecimento. Segundo o delegado, eram, geralmente, duas refeições por dia, de segunda a sexta. Devido à relação de confiança, a dona do local não percebeu que era um golpe.

“Ela [vítima do golpe] foi percebendo que estava com um certo prejuízo financeiro e foi olhar na conta, percebeu que o dinheiro não estava entrando porque aqueles comprovantes eram todos falsos. Então, procurou a delegacia”, disse Meneses.

Enquanto apresentava a documentação à polícia, a pessoa responsável pelo estabelecimento relatou que a universitária tinha feito um novo pedido e o entregador estava a caminho. A equipe da delegacia, então, acompanhou o homem e fez a prisão em flagrante.

“Ela foi autuada em flagrante delito pelo crime de estelionato na modalidade fraude eletrônica em crime continuado. Então, não cabia fiança. Ela foi apresentada na audiência de custódia e acabou sendo liberada”, declarou o delegado.

Ainda segundo Meneses, em depoimento, a mulher, incialmente, negou, mas depois confessou. “Ela confirmou, disse que fez porque acabou sendo vítima de um golpe similar”, disse.

Apesar de ser liberada, o delegado afirmou que a universitária ainda tem que quitar o débito com o estabelecimento e orientou que denúncias de casos similares devem ser feitas em uma delegacia.

“Você entregou um produto, recebeu um comprovante falso, procure qualquer delegacia, registre o boletim de ocorrência pelo crime de estelionato que a delegacia vai oficiar o banco, vai saber quem é o dono daquele número de telefone, daquele PIX, daquela conta bancária que ele mandou um comprovante falso”, apontou Meneses.

Fonte: G1

Está sem dinheiro? Acesse nosso Simulador de Empréstimos e obtenha a opção que mais se adequar à sua necessidade.

Simule seu empréstimo pessoal, consignado privado, consignado público, consignado INSS ou até mesmo financiamento de veículos através do nosso aplicativo. Cálculo e simulação de Crédito Pessoal, rápido e fácil.

Acesse nosso simulador em: https://emprestimopessoaldicas.com/simulador-emprestimo/simular.html

O que você achou desse artigo? Queremos muito saber sua opinião, deixe abaixo seu comentário!

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

Deixe uma resposta

Em Alta

Comentários Recentes

%d blogueiros gostam disto: